A seguir é mostrada a seqüência das atividades dessas inspeções:

FLUXOGRAMA DAS ETAPAS DA REQUALIFICAÇÃO PERIÓDICA

 - ABERTURA DA OS
 - INSPEÇÃO VISUAL EXTERNA
 - MEDIDA DE ESPESSURA
 - REMOÇÃO DE PINTURA
 - LIMPEZA INTERNA
 - AVALIAÇÃO DA MASSA
 - TESTE HIDROSTÁTICO
 - LIMPEZA INTERNA
 - INSPEÇÃO VISUAL INTERNA
 - MARCAÇÃO
 - PINTURA
 - INSPEÇÃO FINAL
 - EMISSÃO DE RELATÓRIO
 - FINAL



VERIFICAÇÃO DA IDENTIFICAÇÃO (MARCAÇÃO NA CÚPULA)

A Identificação do cilindro é sua "carteira de identidade". Portanto, um cilindro não é considerado apto para "existir" e conseqüentemente ser usado e retestado, isto é, a norma NBR 12274 claramente manda reprovar um cilindro que não tenha, no mínimo, as seguintes marcações:

a) número de série
b) nome, logotipo do fabricante ou procedência
c) ano de fabricação
d) pressão de serviço
e) norma de fabricação
f) sinete da entidade inspetora de fabricação


Estas marcações é que atestam a legalidade do cilindro.